Pai se despede de filho em estação de ônibus da Ucrânia

Ucrânia baniu todos os cidadãos do sexo masculino de 18 a 60 anos de deixarem o país após ataques da Rússia.

Despedidas familiares estão sendo registradas nas estações de ônibus da Ucrânia desde a invasão da Rússia ao país, na madrugada desta quinta-feira (25).

Como a Ucrânia baniu todos os cidadãos do sexo masculino de 18 a 60 anos de deixarem o país, pais e maridos estão se despedindo de mulheres e filhos, que tentam cruzar as fronteiras.

Vlad, de 28 anos, é um deles. Uma imagem da agência Associated Press mostra o momento em que ele se despede de seu filho, Danya, de 2 anos, nos braços da mãe, Tatiana, de 26 anos.

A agência também registrou o beijo de despedida de outro casal pouco antes de a mulher embarcar no veículo em Kiev.

Casal se despede em estação de ônibus em Kiev — Foto: AP Photo/Emilio Morenatti
Casal se despede em estação de ônibus em Kiev — Foto: AP Photo/Emilio Morenatti

Na quinta-feira (24), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, decretou Lei Marcial após a Rússia iniciar os ataques militares ao país. A Lei Marcial é uma norma implementada em cenários de conflitos, crises civis e políticas, que substitui as leis e autoridades civis por leis militares.

A Lei Marcial pode ser aplicada também quando ocorrem desastres naturais, catástrofes e outras situações de caos. Ao tirar as funções de autoridades como políticos e diplomatas, a Lei Marcial age no sentido de concentrá-las em membros de alta patente do Exército.

Vlad abraça o filho, Danya, nos braços da mãe, Tatiana — Foto: AP Photo/Emilio Morenatti
Vlad abraça o filho, Danya, nos braços da mãe, Tatiana — Foto: AP Photo/Emilio Morenatti

Vídeo

Fonte: G1