Alertas de desmatamento na Amazônia em setembro já são o dobro da média para o mês nos últimos 4 anos

Dados mais recentes do Inpe mostram que 1.173,11 km² de floresta estavam com sinais de devastação em setembro, número 101,35% acima da média registrada em setembro de 2015 a 2018. A área sob alerta de desmatamento na floresta Amazônica segue em tendência de crescimento, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Os dados de 1º a 19 de setembro deste ano – os mais recentes do sistema de monitoramento – mostram que 1.173,11 km² de floresta estavam com sinais de devastação, número 58,65% maior do que o registrado em todo o…

Read More

Focos de queimadas caem em setembro na Amazônia e sobem no Cerrado, Pantanal, Pampa e Mata Atlântica

Na Caatinga, registro de focos ficou estável em relação ao ano passado. Alertas de desmatamento na floresta amazônica aumentaram em relação ao mesmo mês do ano passado, apesar da queda nas queimadas. Os focos de queimadas na Amazônia caíram no mês de setembro, mas apresentaram alta em outros biomas do país: Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal. Na Caatinga, o registro é quase o mesmo em relação ao ano passado. No acumulado do ano, todos os biomas, exceto a Caatinga, registram alta no número de focos de queimadas. Os dados são do Programa Queimadas, do…

Read More

Chapada dos Guimarães (MT) alega prejuízo de R$ 23 milhões por queimadas e decreta situação de emergência

A prefeitura alega um prejuízo de R$ 23 milhões com despesas não previstas no orçamento e, por isso, teria estourado a capacidade operativa e financeira do município. Por causa da quantidade de focos de incêndio nas zonas urbana e rural, a prefeita de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, Thelma de Oliveira (PSDB), decretou situação de emergência no município, na quinta-feira (12). A prefeitura alega um prejuízo de R$ 23 milhões com despesas não previstas no orçamento e, por isso, teria estourado a capacidade operativa e financeira do…

Read More

Pantanal registra 334% mais focos de queimadas em 2019, ano com menos chuvas e intensa onda de calor na região

Choveu 25% menos no Pantanal neste ano, e temperaturas estão de 4°C a 6°C mais elevadas, segundo o Inmet. Ventos fortes ajudam a propagar incêndios que, na maioria das vezes, são provocados pela ação humana, intencionalmente ou não. Comparação de focos é do período de 1º de janeiro a 11 de setembro de 2019 e de 2018. O número de focos de queimadas no Pantanal de 1º janeiro a 11 de setembro de 2019 já é 334% maior do que o registrado no mesmo período em 2018; e 43,6% acima da média registrada nos mesmos…

Read More

São Félix do Xingu lidera queimadas no começo de setembro; veja lista das 10 cidades da Amazônia com mais focos

Cidade do Pará acumulou 128 focos na semana, seguida por Lábreas (AM) e Feijó (AC), conforme o Programa Queimadas, do Inpe. O Pará tem 3 cidades na lista das 10 com mais queimadas entre domingo (1º) e quinta-feira (5). O município de São Félix do Xingu, no Pará, foi a cidade da Amazônia que registrou o maior número de focos de queimadas entre domingo (1º) e quinta-feira (5), de acordo com o Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em agosto deste ano, o número de focos de queimadas…

Read More

Baixa umidade leva Mato Grosso a prorrogar período proibitivo de queimadas

A baixa umidade do ar e a falta de chuva em Mato Grosso levaram o Governo do Estado a prorrogar para até o dia 04 de outubro o período proibitivo das queimadas. Segundo a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), há possibilidade de estendido para o final de outubro o período caso as condições climáticas não melhorem. Entre janeiro e 12 de setembro, os focos de calor aumentaram 47,4% em relação a mesmo período em 2015. Entre 1º de janeiro e 12 de setembro foram registrados em Mato Grosso…

Read More